domingo, 6 de maio de 2012

Alma tua




A espera do Amor e da Lua
sento agora e começo a poetizar,
do que adianta ter o mais lindo Amor,
Se não se tem a lua para olhar.

Do que adianta o brilho da Lua
se não terá o Amor para clarear.

Enaltecia as batidas e a cada sensação,
não entendia, mas a intenção apenas era
descrever o que sentia
pelas vias que meu coração seguia
lentamente a encontrar.

O luar que tanto perseguia
nada mais era do que poesia
que sentia vontade de declamar.

Procuro o Amor e a luz da Lua,
e as lembranças que ela me traz
não são em vão.

Me vem a recordação de tua alma nua
decorrida de toda nossa estrutura
que é ter-lhe as vezes na distância da Lua
porem na certa proximidade do coração.

2 comentários:

angelamms disse...

Parabéns, bela poesia.

prom dress online disse...

Beautiful pictures and nice word!

“Acordei com um sonho e com o compromisso de torná-lo realidade"
Leonardo Koury Martins

"Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar"
Saramago

"Teoria sem prática é blablabla, prática sem teoria é ativismo"
Paulo Freire

"Enquanto os homens não conseguirem lavar sozinhos suas privadas, não poderemos dizer que vivemos em um mundo de iguais"
M.Gandhi

"Por um mundo onde sejamos socialmente iguais, humanamente diferentes e totalmente livres"
Rosa Luxemburgo