quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Crise na economia


Este mundo perdido na economia da vida, na economia das bolsas, na economia para evitar o “apagão”, Na economia de política social nos municípios, afinal, eles já tem demais...

Nestes últimos dias, estamos diariamente vendo, até mais do que as novelas da mídia televisiva escravista, a crise estadunidense. Estamos todos vendo, uns com pipocas curtindo um bom filme de terror “holiudiano”, as casas compradas à prestação acabam de afogar milhares de norte americanos nas dividas de mercado.

E eu pensando que era apenas no Brasil que os bancos tinham seus dias de fúria, mas como citava Marx: o capital não tem pátria, tem lucro, no seu celebre O Capital.

O triste desta história é de ver que a economia parece mais uma criança com necessidades especiais, pois ela é muito mais noticiada do que qualquer vida, ou melhor, ela tem vida. Como se diz, A economia esta nervosa, a economia esfriou, a economia está com sérios problemas, à economia está em alta, está em crise (sentimental?).

Só não vejo a economia com frio, com sede e com fome, nem tomando bala perdida nas perdidas noites cariocas.
Leonardo Koury Martins

Um comentário:

soldadonofront disse...

!! Leonardo Koury é um soldadonofront !!

“Acordei com um sonho e com o compromisso de torná-lo realidade"
Leonardo Koury Martins

"Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar"
Saramago

"Teoria sem prática é blablabla, prática sem teoria é ativismo"
Paulo Freire

"Enquanto os homens não conseguirem lavar sozinhos suas privadas, não poderemos dizer que vivemos em um mundo de iguais"
M.Gandhi

"Por um mundo onde sejamos socialmente iguais, humanamente diferentes e totalmente livres"
Rosa Luxemburgo